Seg, 08 de maio de 2017, 16:09

ORQUESTRA SINFÔNICA DA UFS FAZ CONCERTO DE ANIVERSÁRIO
CONCERTO DE ANIVERSÁRIO

Dia 15 de maio, segunda-feira, às 20h no Teatro Tobias Barreto, a Orquestra e o Coro da Universidade Federal de Sergipe celebram as comemorações do aniversário da universidade com um concerto. Com obras eruditas populares a orquestra e o coro são formados por alunos da UFS e tem a direção artística e regência do maestro Daniel Nery. A entrada é franca e a censura é livre.

Sobre o concerto

A primeira parte do programa, duas obras contrastantes: a abertura da opereta "O Poeta e o Camponês” de Franz von Suppé, e a missa n. 2 em Sol maior, de Franz Schubert, com a participação do coro da UFS e solistas da universidade. Na segunda parte, a Sinfonia n. 1 em dó maior, de Ludwig van Beethoven e a grandiosa Marcha Eslava de Peter Tchaikovsky que encerra o concerto.

Segundo o maestro o repertório escolhido compreende obras importantes para a formação de um músico. “Para os alunos, muito além de um concerto, o evento é a celebração de um contínuo aprendizado ao longo dos ensaios, envolvendo música, história, filosofia, entre outras disciplinas interligadas, corroborando para sua formação artística e humana, exatamente que um projeto de extensão, como a OSUFS e o CORUFS, pretende ser”, explica Nery.

Sobre o regente

Professor de regência, regente titular da Orquestra Sinfônica e do Coro da Universidade Federal de Sergipe, Daniel Nery é Bacharel em Composição e Regência pela UNESP e Mestre em música pela mesma instituição. Têm na sua formação, os seguintes nomes da regência orquestral e coral: Isaac Karabtchevsky, Roberto Tibiriçá, Johannes Schlaefli (Suíça), Osvaldo Ferreira (Portugal), Fábio Mechetti, Abel Rocha e Samuel Kerr. Já esteve à frente de importantes orquestras como Orquestra Filarmônica de Minas Gerais, Orquestra Sinfônica de Porto Alegre, Orquestra Sinfônica de Barra Mansa e Orquestra Sinfônica Municipal de Campinas. Em Atibaia/SP, foi regente do Coral Masculino Cantores de Atibaia e da Banda Sinfônica Primeiro Movimento, além de dirigir a Orquestra Jovem e a Big Band municipais. Foi um dos fundadores, regente e clarinetista da Banda Sinfônica de Bragança Paulista. Premiado no I Concurso Carlos Gomes para Jovens Regentes, Nery é também maestro adjunto da Orquestra Sinfônica de Sergipe, onde promoveu juntamente com Guilherme Mannis, o desenvolvimento de concertos pelo interior do estado do Sergipe e a popularização do acesso à música de concerto. Foi também responsável pela concepção do projeto social Orquestra Jovem de Sergipe, proporcionando ensino musical a centenas de jovens carentes de Aracaju. Nery também é regente do Coro Masculino da Primeira Igreja Batista de Aracaju.

SERVIÇO

Concerto comemorativo ao aniversário da Universidade da Federal de Sergipe,

15 de maio de 2017, Teatro Tobias Barreto, 20h00

Daniel NERY, regente

Franz Von SUPPÉ (1819-1895)

Abertura "O Poeta e o Camponês"

Franz SCHUBERT (1797-1828)

Missa n. 2 em Sol maior, para coro, orquestra e solistas.

Ludwig van BEETHOVEN (1770-1827)

Sinfonia n. 1 em dó maior Op. 21

Primeiro movimento

Piotr Ilich TCHAIKOVSKY (1840-1893)

Marcha Eslava

========= ENTRADA FRANCA =========


Atualizado em: Seg, 08 de maio de 2017, 16:13
Notícias UFS
Avaliação
UFS é destaque no Enade 2016
Enfermagem e Nutrição (ambos de Lagarto) e Fisioterapia (Aracaju) obtiveram nota máxima; veja nota de outros cursos