V SEMANA ACADÊMICA DA UFS - V SEMAC 2018

 

AUTONOMIA, DIÁLOGO E INTEGRAÇÃO NA EDUCAÇÃO SUPERIOR

 

05 A 09 DE NOVEMBRO DE 2018

 

SÃO CRISTOVÃO - ARACAJU - ITABAIANA - LARANJEIRAS - LAGARTO - NOSSA SENHORA DA GLÓRIA

 

COORDENAÇÃO: ALAÍDE HERMÍNIA DE AGUIAR OLIVEIRA-PROEX

VICE- COORDENAÇÃO: JOSÉ ANTÔNIO BARRETO - Alves PROEST

 

1. APRESENTAÇÃO

 

A Universidade Federal de Sergipe (UFS) ciente da sua função precípua de formação de recursos humanos e de sua responsabilidade social vem realizando durante os seus 50 anos (cinquenta) as atividades de ensino, pesquisa e extensão que propiciam ao público externo apropriarem-se de conhecimentos, contribuindo assim para a melhoria da qualidade de vida da sociedade na qual a instituição está inserida.

Com o propósito de semear conhecimentos e novas tecnologias, a UFS atua na complementação de ações educativas, formação profissional, saúde e desenvolvimento social sustentável por meio da promoção de conferências, seminários, feiras, fóruns de debates e outros movimentos com participam pessoas renomadas do cenário sergipano e nacional trazendo para o público participante temas relevantes de acordo com o momento.

A Semana Acadêmica e Cultural da UFS - SEMAC tem portanto o objetivo de “integrar, articular e socializar a produção do conhecimento, o ensino, a extensão, a inovação, a arte e a cultura para efetivamente construir uma universidade solidária, ancorada na realidade social.”

Em 2018 a V SEMAC a ser realizada no período de 05 a 9 de novembro de 2018, ocorrendo simultaneamente em todos os seus campi de acordo com a resolução 12/2018 CONEPE fica então institucionalizada como Atividade Integradora de Formação.

 

2. JUSTIFICATIVA

A Universidade Federal de Sergipe tem como missão “contribuir para o progresso da sociedade por meio da geração de conhecimento e da formação de cidadãos críticos, éticos e comprometidos com o desenvolvimento sustentável”, assim definido em seu Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI 2016–2020)

Com a visão de ser uma instituição pública e gratuita que se destaca pelo seu padrão de excelência no cumprimento de sua missão, tem por objetivo geral formar profissionais, cidadãos, produzir e conservar conhecimento de forma interativa com a sociedade, fortalecendo a democracia e a melhoria da qualidade de vida da população em geral.

Propondo-se a cultivar o saber pela formação de recursos humanos de nível superior em 2016 foi emitida a Portaria para a III Semana acadêmica Cultural da UFS/SEMAC com suspensão de aulas viabilizando a participação de docentes e discentes em todos os Campi, Centro de Educação a Distância (CESAD) e Colégio de Aplicação (CODAP).Desta forma, a SEMAC-Semana Acadêmica Cultural da UFS é um marco no calendário acadêmico da UFS por se concretizar como um espaço dialógico de conhecimento e saberes com a troca de experiências e vivências pela integração do ensino, pesquisa e extensão por meio das suas respectivas pró-reitorias.

 

3. OBJETIVOS

3.1 OBJETIVO GERAL

Integrar e divulgar a produção do conhecimento como um processo dinâmico do ensino, da pesquisa e da extensão, por meio de atividades científicas, culturais e artísticas da UFS com a participação da comunidade universitária e a sociedade sergipana, para construir, de forma articulada, uma universidade comprometida com a realidade social e sua transformação.

3.2 OBJETIVOS ESPECÍFICOS

  • Desenvolver programação cultural, artística e desporto durante toda a semana para criar um ambiente de acolhimento e aproximação da comunidade Universitária
  • Fortalecer a proposta de integração da UFS com a realização da SEMAC nos Campi: Lagarto, Laranjeiras, Itabaiana e Nossa Senhora da Glória e nos Centros / Departamentos das unidades acadêmicas: CECH (Centro de Educação e Ciências Humanas), CCET (Centro de Ciências Exatas e Tecnologias), CCBS (Centro de Ciências Biológicas e da Saúde), CCAA (Centro de Ciências Agrárias e Aplicadas), CCSA (Centro de Ciências Sociais e Aplicadas)
  • Divulgar para a comunidade interna e externa os projetos de extensão, pesquisa e de desenvolvimento tecnológico e inovação desenvolvidos no ano corrente  
  • Favorecer o debate entre os participantes, docentes, discentes e comunidade de temas relevantes no cenário local e nacional, de políticas públicas de educação e desenvolvimento social
  • Oportunizar aos participantes um espaço de discussão e apresentação dos projetos desenvolvidos pelos docentes e alunos nos programas institucionais do Centro de Educação a Distância (CESAD) e do CODAP
  • Contribuir para a interação da comunidade externa por meio de atividades que contemplem a participação de representação e movimentos sociais;

 

4. REGISTRO DA ATIVIDADE CURRICULAR

Recorte da resolução 12/2018 CONEPE

O registro da SEMAC em histórico escolar fica limitado ao máximo de 3 (três) registros, assim definidos:

  1. Atividade de Extensão Integradora de Formação I - SEMAC
  2. Atividade de Extensão Integradora de Formação II - SEMAC
  3. Atividade de Extensão Integradora de Formação III - SEMAC.

O registro da carga-horária máxima desta atividade, de caráter optativo, fica definido em 15 (quinze) horas: limitado a 01 (um) registro por ano, correspondendo ao período de realização da SEMAC, seja em período letivo regular ou não, tanto para cursos de períodos semestrais como para cursos de período anual.

Fica na competência dos Colegiados de Cursos solicitar à PROGRAD a inclusão desta atividade, no histórico escolar do discente.

Fica na competência da PROGRAD o registro destas atividades nas estruturas curriculares dos cursos de graduação da UFS.”

 

5. OPERACIONALIZAÇÃO DA SEMAC

Serão considerados como elementos fundamentais as comissões organizadoras, a programação proposta e o público participante nas diversas categorias: coordenadores, pesquisadores, bolsistas e voluntários de projetos, avaliadores, representação de estudantes e servidores, palestrantes e ouvintes para o envolvimento de todos e o sucesso deste evento.

Para fins de operacionalização da V SEMAC serão consideradas 03 (três) fases:

5.1. 1ª Fase: PLANEJAMENTO E DEFINIÇÕES

A Indicação da Coordenação e Vice-Coordenação por Portaria do Reitor com definição do período de realização (Portarias :nº693 e 694 de 4/06/2018). A instituição das comissões, planejamento e operacionalização estão descritos neste projeto com todas instruções.

5.2. 2ª Fase: PLANEJAMENTO:

A V SEMAC será desenvolvidos em 2 eixos específico e geral:

  • Planejamento do eixo específico dos Departamentos por Centro: 15 horas

Elaborada por cada departamento, sob coordenação geral centralizada e definida em cada Conselho de Centro para atender e agregar os alunos de todos os períodos dos diversos cursos do Centro/Campi.

  • Planejamento do eixo geral:
  1. Abertura e Enceramento oficial
  2. 28º Encontro de Iniciação Científica
  3. 6º Encontro de Iniciação à Extensão
  4. 10º Encontro de Pós-graduação
  5. 10º Encontro de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico.
  6. Eventos específicos 2018
  7. Feiras
  8. Atrações Culturais

5.3. 3ª Fase CADASTRO DAS ATIVIDADES PLANEJADAS PARA A SEMAC

  1. Editais para inscrição das propostas pelos departamentos /centros /campi
  2. Aprovação e alocação os espaços físicos;
  3. Elaboração editais para os encontros: o 26º Encontro de Iniciação Científica, o 4º Encontro de Iniciação à Extensão, o 8º Encontro de Pós-graduação e o 8º Encontro de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico;
  4. Elaborar a programação -Geral da SEMAC;
  5. Elaboração da programação final incluindo outras atividades de forma diversificada para atender as atividades acadêmicas e as que envolvem instituições parceiras;
  6. Divulgação da V SEMAC por recursos de mídia digital.

5.4. 4ª Fase: Realização da SEMAC

Realização das atividades propostas para V SEMAC através de uma programação diversificada, com Exposições Itinerantes, Feiras Agroecológicas, Exposição de Trabalhos, Conferências, Minicursos, Oficinas, Rodas de Poesias, apresentação de Dança, Música, Grupo de Teatro e atividades Fitoterápicas (MOPS) (programação em anexo).

O evento estará aberto à comunidade universitária e a comunidade externa com inscrição gratuita em site próprio.

6. Comissões:

1 - Comissão organizadora da SEMAC:

Coordenador, vice coordenador, representante das pró-reitorias acadêmicas e gestão de Pessoas, diretores de Centro e Campi e do Colégio de Aplicação, representante do SINTUFS, representante da ADUFS, representante do DCE.

2 - Comissão da programação acadêmica por Centro:

Coordenação geral da V Semac por Centro, representante de docentes de cada departamento, representante do(s) Centro acadêmico(s),representante do corpo técnico

3 - Comissão Acadêmica de Monitores/discentes vinculados ao Programa de Bolsa Permanência da UFS (PIAEX, PIBIC, PRODAP, PIBIT).

Comissão Organizadora do Encontro

  • 28º Encontro de Iniciação Científica
  • 6º Encontro de Iniciação à Extensão
  • 10º Encontro de Pós-graduação
  • Alunos de pós-graduação como Coordenadores adjuntos nos eventos / encontros   

4 - Comissão de divulgação e infra estrutura:

Coordenador, Vice coordenador, ASCOM, NEAVI, INFRA-UFS e NTI.

V SEMAC 2018 - ANEXO 1 e 2

Notícias